Amamentação: um gesto que vale ouro

0
294

No mês de agosto, o incentivo à amamentação, à doação de leite humano e a conscientização das mães ao aleitamento ganham ainda mais espaço, com o início da campanha Agosto Dourado em todo o Brasil.

Logo oficial da Semana Mundial de Aleitamento Materno 2020

Esta iniciativa se integra também, até o próximo dia 7, com a 20ª Semana Mundial do Aleitamento Materno, que traz o tema “Apoiar a amamentação para um planeta mais saudável”, a fim de valorizar os principais benefícios do leite materno para o planeta: é um recurso sem custo, natural e não poluente para a natureza.

Responsável técnica do Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB), Angélica Almeida afirma que a escolha da cor dourada para representar esta campanha não foi aleatória. “O leite materno é um alimento completo, vivo e ativo, que vale ouro, porque contém os nutrientes necessários ao bebê em todas as suas fases de crescimento, além de fornecer anticorpos, favorecendo a imunidade”.

Neste período de pandemia, Angélica ressalta ainda que o leite materno é insuperável e não traz riscos para o bebê no momento da amamentação. “Se a lactante com Covid-19 estiver em bom estado geral e manter os cuidados adequados de higiene, pode manter a amamentação, pois estudos mostram que não foi encontrado vírus no leite materno de mães que testaram positivo para esta doença”.

Além disso, a doação de leite materno continua sendo uma maneira segura de ajudar o próximo em todos os meses do ano. “Durante o Agosto Dourado, o aleitamento materno é debatido por diversos órgãos e instituições. Isso é muito bom, pois, quanto mais incentivos e esclarecimentos sobre o assunto, mais este gesto de amor será valorizado”, finaliza Angélica.

Equipe do BLH do HCFMB em 2019

A doação de leite é segura para o bebê, desde que a doadora esteja bem de saúde, não seja fumante, usuária de drogas ou faça uso excessivo de álcool. A equipe do BLH realiza todas as medidas necessárias de higienização para fazer a visita domiciliar com segurança e, antes de ser distribuído aos pequenos pacientes, o leite materno passa por um processo rigoroso de qualidade.

O BLH fornece o kit para a doadora, contendo touca, vidro esterilizado e folheto com todas as explicações da doação, que também pode ser retirada em domicílio. Quem tiver interesse em colaborar, pode entrar em contato pelos telefones (14) 3811 6410 / (14) 3811 2762 / (14) 99799 8289.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here