ARTROSE

0
7816

Artrose é o mesmo que osteoartrose, osteoartrite ou doença articular degenerativa. No conjunto das doenças que acometem as articulações, a osteoartrite é a mais frequente, representando até 40% das consultas nos serviços de saúde em geral.

Sua importância também é provada por meio de informações da Previdência Social (INSS): no Brasil a osteoartrite é responsável por 7,5% de todos os afastamentos do trabalho; é a segunda doença entre as que justificam o auxílio-doença e é a quarta a determinar aposentadoria (6,2%).

A artrose é uma enfermidade extremamente comum que acomete tanto homens quanto mulheres, principalmente na terceira idade (acima dos 60 anos), incidindo preferencialmente nas articulações dos joelhos, coluna, quadris, mãos e dedos.

Mas quem pensa que essa doença acomete apenas idosos está muito enganado. Um número cada vez maior de pessoas entre 30 e 50 anos têm sofrido com dores provocadas pelo processo degenerativo das articulações. Pelas estatísticas da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), 10% da população entre 30 e 50 anos apresenta esse problema. Já na terceira idade, 70% das pessoas sofrem com a artrose.

A nutrição de uma articulação depende de sua atividade dentro de limites fisiológicos. Portanto, a atividade funcional de uma articulação é fundamental para a sua saúde. Por outro lado, a inatividade excessiva é nitidamente prejudicial.

Dieta ajuda?
Na osteoartrose, a única dieta que deve ser considerada é a que tem por finalidade diminuir o peso corporal. Nas osteoartrites dos membros inferiores, principalmente dos joelhos, a obesidade é um fator causal, ou, no mínimo, agravante.

Sendo assim, é fundamental que os pacientes mantenham o peso nos limites da normalidade, principalmente se a doença acometer articulações que suportam carga. Nos casos já instalados, perder peso é uma indicação importantíssima do tratamento. Por menor que seja a redução, sempre haverá benefício. Emagrecer não é fácil, mas o sacrifício é compensado com o alívio dos sintomas e o retardamento da evolução da doença.

Fique sempre atento. Tem sentido alguma dor? Procure um médico de sua confiança!

Texto elaborado pelo Dr. Evandro Palacio, Ortopedista

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here