Com parceria do SARAD, Encontro de Conselhos Municipais sobre Drogas é realizado em Botucatu

0
156

Na última terça-feira, 12, a Associação de Pais e Amigos das Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais (APAPE) de Botucatu sediou o IX Encontro de Conselhos Municipais de Políticas sobre Drogas do Estado de São Paulo, com o tema “Políticas Públicas: Novos Aspectos do Consumo do Álcool e Tabaco”. O evento foi promovido pelo Governo do Estado, por meio do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (CONED) da Secretaria da Justiça e Cidadania, e pela Prefeitura de Botucatu, em parceria com o grupo REAGE e o Serviço de Atenção e Referência em Álcool e Drogas (SARAD), unidade administrada pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB).

A cerimônia de abertura contou com a presença do presidente do CONED e Diretor Técnico do Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (CRATOD) da Secretaria de Estado de Saúde (SES-SP), Marcelo Ribeiro de Araujo, do coordenador estadual de Políticas Públicas sobre Drogas (COED) Rodrigo Flaire, do Presidente da Câmara Municipal de Botucatu Ednei Lázaro da Costa Carreira e do Secretário Municipal de Saúde, Dr. André Spadaro, representando o prefeito Mario Pardini.

Representando o Governador João Doria e o Secretário de Justiça e Cidadania do Estado Paulo Dimas Mascaretti, Marcelo Ribeiro de Araujo destacou a representatividade de cerca de 40 municípios no evento e a implementação de políticas públicas neste assunto, essência da função dos Conselhos Municipais. “Atuo na área há mais de 20 anos e vejo com bons olhos a organização do evento, com a junção de setores bem formados no que fazem, que atuam com consistência e buscam a articulação para construir políticas e implementá-las”.

O diretor do SARAD Dr. José Carlos Christovan ressaltou que, por ser o único hospital experimental da SES-SP no combate ao álcool e às drogas, a unidade possui uma participação ativa no processo. “Encontros como este são extremamente importantes, pois vão ditar a padronização da atuação neste combate. Para o SARAD, é importante acompanhar as discussões a fim de ajudar na elaboração de políticas de tratamento e prevenção”.

Janice Megid, diretora técnica do SARAD, destaca que os Conselhos Municipais são lugares de revisão e criação de políticas públicas relacionadas a álcool e drogas. “O evento traz temáticas interessantes para fortalecer a ideia dos Conselhos e discutir sobre políticas públicas, atingindo não só Botucatu, mas toda a região. O SARAD é especializado no atendimento, mas não podemos ficar somente na intervenção da doença, mas também falar dos danos da dependência química para, assim, traçar um caminho de prevenção, cumprindo o nosso papel social”.

Ao longo da manhã, foram mostrados diversos painéis: Rodrigo Flaire relatou o panorama da política sobre drogas; o presidente do Grupo REAGE Juberto Luis Galdino fez uma apresentação do Grupo e de suas ações; Márcio Servino (COMAD) ressaltou a importância dos Conselhos Municipais sobre Drogas, enquanto Janice Megid abordou a estrutura da rede de atenção em saúde mental. Para encerrar a manhã, Marcelo Ribeiro dissertou sobre os conceitos contemporâneos da dependência química.

Na parte da tarde, foram abordados os efeitos da ingestão de álcool por gestantes e seus efeitos no feto e no recém-nascido, por Lygia Border (SES-SP); do cigarro eletrônico, com Sandra Marques (CRATOD-SES) e da dependência química no ambiente familiar, com Marta Elena Reais, do Centro de Estudos de Terapia Familiar (CEFATEF).

Núcleo de Comunicação, Imprensa e Marketing HC | FMB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here