Covid-19 e meio ambiente – alimentos orgânicos

0
236

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB), por meio de sua Unidade Especial de Saúde Sustentável (UESS), publica nesta terça-feira, 28, a sétima matéria da série sobre a Covid-19 e o meio ambiente, mostrando alguns desafios e caminhos para melhorar a sustentabilidade do planeta pós-pandemia. Veja as matérias anteriores desta série:

Covid-19 e meio ambiente – descarte de pilhas e baterias (21/07)
Covid-19 e meio ambiente – descarte correto de resíduos (14/07)
Covid-19 e meio ambiente – uso de copos descartáveis (07/07)
Covid-19 e meio ambiente – impacto ambiental e social dos tecidos 
(30/06)
Covid-19 e mudanças climáticas – momento decisivo para transformações (23/06)
Covid-19 e Meio Ambiente: uma oportunidade de transformação (16/06)

——————————————————————————————————

Dentre as ações apontadas pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) para o combate ao aquecimento global, uma delas é a compra de alimentos orgânicos e de produtores locais. Nestes tempos de pandemia da Covid-19, diversas empresas do setor relatam que houve um aumento na procura por alimentos mais saudáveis, seja por compra direta dos produtores, serviços de entrega, feiras e supermercados.

Segundo a IBD Certificações, maior certificadora de produtos orgânicos e sustentáveis da América Latina, o Sudeste do Brasil foi a região em que mais houve esta alta e alguns fatores, como segurança, acessibilidade e qualidade, levam os consumidores a preferirem produtos orgânicos em suas mesas.

A escolha por uma alimentação mais sustentável também pode interferir no campo da saúde. “Estudos na Inglaterra mostram que o sistema imunológico de pacientes internados que recebiam alimentação à base de orgânicos respondia melhor e apresentaram um tempo de internação menor dos pacientes que recebiam alimentação convencional”, afirma Prof.ª Karina Pavão, coordenadora da UESS do HCFMB.

Desde 2013, o HCFMB faz parte da Agenda Global da Rede de Hospitais Verdes e Saudáveis, da Saúde Sem Dano e do Projeto Hospitais Saudáveis, com o intuito de cumprir os objetivos da Agenda Global 2030 para o desenvolvimento sustentável. Um deles aponta a erradicação da fome, a segurança alimentar, a melhoria da nutrição e a promoção da agricultura sustentável.

Pensando nisso, em 2014, o Hospital iniciou um projeto em parceria com produtores rurais familiares, com a doação de resíduos orgânicos provenientes da Cozinha do HCFMB, que são compostados no campo, adubando a terra e produzindo alimentos livres de agrotóxicos, vendidos à comunidade. Nestes seis anos, 155 toneladas de resíduos orgânicos deixaram de ir para o aterro sanitário. “O objetivo deste projeto é buscar a sustentabilidade socioambiental, pelo incentivo ao consumo de alimentos produzidos de forma agroecológica, livres de agrotóxicos e produzidos por agricultores familiares locais”, afirma Prof.ª Karina.

Projeto “É Dia de Feira no Câmpus da Unesp” em 2019 | Tadeu Carvalho / FMB

Todo mês, ocorre no gramado da Biblioteca do Câmpus o projeto “É Dia de Feira do Câmpus da Unesp”, com mais de 15 agricultores vendendo alimentos e produtos orgânicos. A feira é uma estratégia de promoção e incentivo à segurança e soberania alimentar para funcionários, alunos, pacientes e de quem visita o câmpus. Além disso, permite a aproximação de pequenos produtores e consumidores, reduz intermediários na cadeia de consumo, estimula a continuidade da produção e garante o acesso a alimentos com preços mais justos.

Por conta da pandemia da Covid-19, o projeto está temporariamente suspenso, mas outras opções de venda de alimentos orgânicos em Botucatu continuam abertas, mantendo todos os cuidados sanitários. “Estamos em uma cidade com muitas feiras, quitandas e cestas de orgânicos com preços muito acessíveis, além de hortas comunitárias que temos presentes em 14 bairros”, finaliza Renata Camargo, integrante da UESS.

E você, consome produtos orgânicos? Confira algumas dicas:

– Comece cultivando temperos (pode ser até em vasos);
– Frequente feiras e hortas comunitárias, introduzindo alguns alimentos orgânicos na dieta;
– Faça compostagem: existem empresas que fornecem o material para fazer compostagem e/ou recolhem o resíduo para compostagem.

Links interessantes:

Site Ciclo Limpo
Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 2 – ONU
5 atitudes que você pode tomar para combater as mudanças climáticas
Confira mais detalhes e os endereços das hortas comunitárias em Botucatu

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here