Grupo de Trabalho para Captação de Recursos Externos

O superintendente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) Dr. André Balbi, criou, em abril de 2017, o Grupo de Trabalho para Captação de Recursos Externos para o Complexo HCFMB, através da Fundação para o Desenvolvimento Médico Hospitalar (Famesp).

Este Grupo atua no desenvolvimento de estratégias e projetos que favoreçam o HCFMB, principalmente em projetos assistenciais, que envolvam humanização e benefícios aos pacientes do Hospital.

Composição da Comissão:

Presidente: Rubens de Almeida (mais conhecido como Alemão) – funcionário do HCFMB;
– Secretária: Solange Moraes, assistente social do HCFMB;
Membros: Augusto Albano (representante da Famesp), Edwa Bucuvic (enfermeira da Nefrologia do HCFMB), Dr. Luis Gustavo Modelli (nefrologista do HCFMB), Dr. Ubirajara Aparecido Teixeira (responsável pela UTI do HCFMB), Mario Colombelli Filho (empresário) e João Cury Neto (ex-prefeito de Botucatu).

Desde 03 de maio de 2012, é permitido e regulamentado o serviço voluntário no HCFMB, nos termos da Lei Federal 9.608/98 e Lei Estadual 10.335/99, artigo 2º.
O serviço voluntário será prestado no âmbito do HCFMB por qualquer cidadão maior de dezoito anos, inclusive aposentados da própria Instituição.

Conheça um pouco mais sobre a regulamentação para prestação de serviços voluntários no HC!

Portaria de Regulamentação do Trabalho Voluntário no HCFMB

Projetos em Andamento no HCFMB

Grupo Sempre Viva

O Grupo Sempre Viva foi criado em 2003 com o objetivo de promover ações de assistência no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB). O médico cardiologista e professor emérito da FMB, Dr. Eder Trezza, é o idealizador do Grupo.

Além de leitura para crianças internadas, cortes de cabelos, atividades culturais e oficinas artesanais aos pacientes internados no HCFMB, o Grupo Sempre Viva idealizou a instalação de uma boutique beneficente, mantida dentro das dependências do Hospital. Com o trabalho voluntário de cerca de 40 pessoas, entre atendentes, artesãs e administradores, a boutique vende produtos produzidos pelos voluntários, visando sempre beneficiar os pacientes e auxiliar na qualidade dos atendimentos.

Contato com o grupo pode ser obtido por meio do e-mail: etrezza@fmb.unesp.br ou pela Caixa Postal 535, CEP 18618970, Botucatu-SP.

Médicos da Alegria – FMB

O projeto, criado no ano 2000 por graduandos da FMB, do Centro Acadêmico Pirajá da Silva (CAPS), tem por objetivo oferecer um ambiente menos ‘frio’ para crianças internadas no HCFMB. Através de visitas às enfermarias de Pediatria e Quimioterapia da unidade, os ‘médicos da alegria’ realizam brincadeiras e exibem pequenas montagens teatrais, apresentações de música, artes com balões, entre outras atividades. Ao todo, 120 alunos dos cursos de graduação da Unesp no campus de Botucatu participam do projeto. Há também médicos e funcionários da própria universidade. Para isso, participam de um curso de ingresso através do qual recebem noções lúdicas e de relacionamento com os pacientes. Às segundas-feiras, a visita ocorre no setor de quimioterapia do HCFMB e, toda quarta-feira, os “Médicos da Alegria” estão presentes na enfermaria de Pediatria.

    

Rede Viva Melhor

A Rede Viva Melhor é um programa vinculado à Vice-Reitoria e Pró-Reitoria de Extensão que envolve todas as unidades da Universidade Estadual Paulista. Criado em 2013, o foco de trabalho é a integração das comunidades internas e externas das unidades em atividades de divulgação do conhecimento e desenvolvimento de atitudes e habilidades que melhorem o bem estar e a convivência das pessoas com o meio ambiente.

Sendo um espaço de formação e divulgação do conhecimento, a Rede Viva Melhor trabalha com o auxílio de articuladores em cada uma das 34 unidades da Unesp, além da reitoria da universidade.

Algumas das ações propostas pelo programa consistem na realização de oficinas virtuais para capacitação da comunidade quanto a identificação de demandas e fomentar a discussão de propostas para melhoria do bem estar de alunos, servidores técnico-administrativos e professores.

Pastoral da Saúde Ecumênica

É uma Instituição Interdevocional coordenada pelo Núcleo Serviço Social do HC e tem, como objetivo, promover o crescimento espiritual e a fé nas vidas visitadas nos leitos, bem como aos seus familiares, sem a prática de proselitismo. Também proporciona momentos de atividade espiritual, buscando a socialização dos pacientes em meio ao tratamento hospitalar, atender as necessidades espirituais e materiais dos pacientes no período de hospitalização, prestar auxilio imediato, fundamentados no amor ao próximo.

Durante o ano, são realizadas diversas atividades com a participação de todos os voluntários (por exemplo, comemoração de datas festivas), com foco no âmbito social dos pacientes.

Clínica do Riso

É um grupo sem fins lucrativos, com intuito de levar atenção, alegria e minimizar o sofrimento momentâneo dos paciente e familiares. O grupo de aproximadamente 45 pessoas realiza mensalmente duas visitas no complexo hospitalar do HCFMB. Atendem a maioria das enfermarias e também incentivam a prática de doação de sangue. Há mais de 7 anos, o grupo entrega às crianças internadas cerca de 70 brinquedos nos períodos festivos.

Projeto Impactando Vidas

A principio, o grupo se formou em 2009 dentro da Igreja Evangélica Quadrangular, com o grupo de missões. A maioria que integrava o grupo era de jovens da igreja local e, nesse período, o Projeto era de um formato diferente do que é hoje. Já em 2011, com o nome de Projeto Impactando Vidas, o grupo se desvinculou da Igreja e assumiu o formato que é hoje: uma organização de voluntariado social sem fins lucrativos.
O objetivo central do projeto é apontar o reino de Deus e viver, na pratica, o evangelho que Jesus nos ensinou. O trabalho é apoiado em três bases: evangelismo criativo, arte do palhaço e ação social.
A principal visão é expressar a salvação através de Cristo em forma de amor, de um modo leve, simples, lúdico e criativo. Os valores se resumem em: amor ao próximo, ética, integridade, alegria, responsabilidade, criatividade, respeito, comprometimento e princípios cristãos.
Atualmente, trabalha-se mais com o arquétipo do palhaço dentro do Hospital (Unesp). As visitas se concentram aos domingos a tarde; porém, no segundo semestre de 2016, começou-se a fazer visitas durante a semana à noite.
Essas visitas dentro do Hospital ocorrem habitualmente na Enfermaria Pediátrica, Clínica Medica I e II, Ortopedia e, esporadicamente, outras Enfermarias.