I Encontro Multiprofissional em Estomias discute o cuidado com o paciente

0
73

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) promoveu no dia 11 de setembro, no Salão Nobre da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB/Unesp), o I Encontro Multiprofissional em Estomias. O evento reuniu profissionais de níveis superior e técnico, além de alunos de graduação, pós-graduação e aprimorandos.

A organização foi do Departamento de Gestão de Atividades Acadêmicas (DGAA), por meio de seu Núcleo de Eventos Científicos, em parceria com a Gerência de Enfermagem do HCFMB e a FMB. Os participantes assistiram a palestras que abordaram diferentes aspectos que envolvem pacientes estomizados. No final do dia, foi realizada uma mesa-redonda.

O enfermeiro Adilson Lopes Cordoso, responsável pelo Ambulatório de Estomizados do HCFMB, destacou que o objetivo desse I Encontro Multiprofissional em Estomias foi trazer a reflexão sobre os aspectos de reabilitação, significando um grande desafio para os profissionais de saúde. “É indispensável o conhecimento das necessidades desses pacientes através de suas indagações que, além de serem diversas, mudam constantemente. Isso é feito por meio da atuação e compartilhamento das experiências da equipe multiprofissional no atendimento aos pacientes Estomizados”, declarou.

A mesa de abertura foi composta pelas enfermeiras Liriane Garita, gerente do Núcleo de Ambulatórios do HCFMB e Bárbara Nery, gerente de Enfermagem, que, na oportunidade, representou a Dra. Erika Veruska Paiva Ortolan, diretora de Assistência do Hospital.

Bárbara comentoua importância do aprendizado contínuo sem perder o amor pelo cuidado com o paciente. “Desejo que vocês se atualizem, mas que não se esqueçam do amor, do cuidado e da dedicação. Esse evento tem como objetivo apresentar todo o caminho percorrido até agora, com o objetivo de melhorar o conhecimento dos profissionais e estudantes”, citou.

Estomia – Consiste na abertura de um órgão oco como, por exemplo, algum trecho do tubo digestivo, do aparelho respiratório, urinário, ou outro qualquer, podendo ou manter uma comunicação com o meio externo, através de uma fístula, por onde pode-se conectar um tubo de inspeção ou manutenção.

Programação – No período da manhã foram tratados os seguintes temas: “Ambulatório de Estomizados do HCFMB”, com os enfermeiros Adilson Cordeiro Lopes e Andréia Cristina Youch; “Diretrizes Nacionais para a Atenção à Saúde das Pessoas Estomizadas/Referência e Contra referência” e com a enfermeira Vanessa Soares de Araújo. Após a pausa para o café, os assuntos em discussão foram:”Pacientes Estomizados: indicação e processo cirúrgico em gastrocirurgia e urologia”, com os médicos Dr. Rogério Saad Hossne e Dr. Carlos Márcio Nóbrega de Jesus; “Cuidados com pacientes estomizados na unidade de internação”, com a enfermeira mestre em Estomaterapia Érika Pavan. e “Cuidados com Gastrostomia”, com a enfermeira Natália Augusto Benedetti.

No período da tarde foram realizadas palestras com os seguintes temas: “A importância da equipe multidisciplinar no cuidado com pacientes estomizados”, com a enfermeira Samanta Lopes Soares Castro; “Núcleo de Assistência aos Ostomizados (não) no complexo HCFMB, com a professora Magda Cristina Queiroz Dell’Acqua e “Experiência em utilizar o Manual de Nutrição para pacientes estomizados”, com a nutricionista Fabiana Lourenço Costa. Também foram discutidos: “Inclusão Social, Família e Comunidade da pessoa estomizada”, com a assistente social Priscila Sales Picoli e “A estomia mudando a vida: enfrentar para viver”, com a psicóloga Aline Zeller Pereira de Souza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here