Artrose

0
1047

Por Dr. Evandro Palacio

Artrose é o mesmo que osteoartrose, osteoartrite ou doença articular degenerativa. No conjunto das doenças que acometem as articulações, a osteoartrite é a mais frequente, representando até 40% das consultas nos serviços de saúde em geral.
Sua importância também é provada por meio de informações da Previdência Social (INSS): no Brasil a osteoartrite é responsável por 7,5% de todos os afastamentos do trabalho; é a segunda doença entre as que justificam o auxílio-doença e é a quarta a determinar aposentadoria (6,2%).

A artrose é uma enfermidade extremamente comum que acomete tanto homens quanto mulheres, principalmente na terceira idade (acima dos 60 anos), incidindo preferencialmente nas articulações dos joelhos, coluna, quadris, mãos e dedos.

Mas quem pensa que essa doença acomete apenas idosos está muito enganado. Um número cada vez maior de pessoas entre 30 e 50 anos têm sofrido com dores provocadas pelo processo degenerativo das articulações. Pelas estatísticas da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), 10% da população entre 30 e 50 anos apresenta esse problema. Já na terceira idade, 70% das pessoas sofrem com a artrose.

A nutrição de uma articulação depende de sua atividade dentro de limites fisiológicos. Portanto, a atividade funcional de uma articulação é fundamental para a sua saúde. Por outro lado, a inatividade excessiva é nitidamente prejudicial.

Dieta ajuda?
Na osteoartrose, a única dieta que deve ser considerada é a que tem por finalidade diminuir o peso corporal. Nas osteoartrites dos membros inferiores, principalmente dos joelhos, a obesidade é um fator causal, ou, no mínimo, agravante.

Sendo assim, é fundamental que os pacientes mantenham o peso nos limites da normalidade, principalmente se a doença acometer articulações que suportam carga. Nos casos já instalados, perder peso é uma indicação importantíssima do tratamento. Por menor que seja a redução, sempre haverá benefício. Emagrecer não é fácil, mas o sacrifício é compensado com o alívio dos sintomas e o retardamento da evolução da doença.

Fique sempre atento. Tem sentido alguma dor? Procure um médico de sua confiança!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here