Cartilha sobre “Como Cuidar da Alimentação por Sondas em Casa” é lançada pelo Serviço de Terapia Nutricional do HCFMB

0
1119

Foi realizada na última terça-feira, 20, no Salão Nobre da Faculdade de Medicina de Botucatu/Unesp (FMB), a Oficina Multidisciplinar de Primeira Via Alternativa de Alimentação – Primeira Sonda. O evento foi organizado pelo Serviço de Terapia Nutricional do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (STN-HCFMB), com apoio da Faculdade de Medicina de Botucatu por meio do Departamento de Gestão de Atividades Acadêmicas (DGAA).

A mesa de abertura foi composta pela enfermeira do STN-HCFMB, Vanessa Martins; pelo farmacêutico da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, Fernando Pulgas; pelo Coordenador do STN-HCFMB, Dr. Sérgio Alberto Rupp de Paiva; pelo chefe de gabinete do HCFMB, Dr. José Trindade Filho; pela gerente de enfermagem do HCFMB, Bárbara Nery; e pela enfermeira do Núcleo de Assistência Farmacêutica do DRS VI Bauru, Fabíola Leão.

A oficina foi marcada pelo lançamento da cartilha “Como Cuidar da Alimentação por Sondas em Casa”, também idealizada pela equipe multiprofissional do Serviço de Terapia Nutricional. A nutricionista do Serviço de Terapia Nutricional, Daniela S. Biagioni Vulcano, explicou o objetivo do evento. “O evento teve como objetivo capacitar profissionais da atenção básica na área de abrangência da DRS VI (Polo Cuesta e Vale do Jurumirim). A cartilha tem como objetivo humanizar a transição do hospital para o domicílio e reduzir as informações no momento da alta hospitalar. Ela será disponibilizada para os profissionais da área da saúde na forma de e-book e personalizada para o paciente/cuidador”, afirmou.

O projeto Primeira Via Alternativa de Alimentação – Primeira Sonda foi apresentado pelo Dr Filipe Welson Leal Pereira, médico do STN-HCFMB. Logo após a cartilha foi apresentada pela nutricionista Camila Pereira Sorroche, residente do Programa Multiprofissional da Saúde do Adulto e Idoso do HCFMB. A nutricionista Camila mostrou todos os itens presentes no manual, como tipos de sonda e cuidados, dietas enterais entre outros detalhes. A assistente social do HCFMB e do STN-HCFMB, Priscila Picolli, discorreu sobre “Avaliação das Condições Higiênico-Sanitárias Domiciliar”. Já a enfermeira do STN-HCFMB, Larissa Midori Noda, apresentou os “Cuidados com Vias Alternativas de Alimentação”.

Depois, Daniela S. Biagioni Vulcano, abordou a “Avaliação Nutricional do Paciente e Dietas Enterais”. Em seguida, a fonoaudióloga do HCFMB, Priscila Watson, expôs a “Avaliação do Risco de Disfagia: Aplicação e Instrumento”.

Para encerrar as atividades matutinas compôs-se mesa com integrantes da DRS VI Fabíola Leão e Fernando Pulgas e do HCFMB Carlos Alberto Macharelli e Janaína Cristina Celestino Santos – Coordenadora do Núcleo de Regulação de Leitos e membros do STN-HCFMB para discutir pontos importantes sobre via alternativa de alimentação.

Por fim, no período da tarde os participantes foram distribuídos para atividades práticas: Daniela S. Biagioni Vulcano abordou caso clínico, voltado para profissionais da nutrição; Priscila Watson mostrou espessantes utilizados para auxiliar a deglutição dos pacientes, com fonoaudiólogos; e a enfermeira Vanessa Aparecida Martins e Larissa Midori Noda mostraram aos demais profissionais da enfermagem cuidados relacionados ao manejo das vias alternativas de alimentação (sonda nasoenteral, gastrostomia e jejunostomia), utilizando manequim de treinamento.

O evento foi ponto de partida para melhorar os processos de referência e contra-referência de pacientes com via alternativa de alimentação. Serão necessários mais eventos para consolidar esta tarefa incluindo treinamento local.

Juliana Pinheiro e Tadeu Nunes – 4toques Comunicação   

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here