Perguntas e Respostas

1 – Pergunta:

Gostaria de saber sobre o cronograma, qual seria a provável data da aplicação das provas? Com relação a inscrição, faz-se o pagamento, depois, a ficha de inscrição sera reenchida a mão e entregue junto com o curriculum Vitae? Esse curriculum poderia ser o Lattes da Plataforma do CNPQ?

1 – Resposta:

O cronograma de provas será apresentado posteriormente ao deferimento das inscrições deste primeiro edital. Não há prazo pré-estabelecido para publicação do cronograma de provas. Sobre o processo de inscrição, o candidato deve seguir as orientações contidas no edital, que incluem:

Preenchimento (manual) de ficha de inscrição, com escolha da área de Especilização que deseja concorrer.

Pagamento da taxa de inscrição, no formato de Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE-SP) a ser gerado no sistema da Secretaria da Fazenda http://www.fazenda.sp.gov.br/Pagamentos/WebSite/Extranet/Login.aspx

Apresentação (a) Cédula de Identidade – RG; b) Cadastro de Pessoa Física – CPF (caso não possua a numeração identificada no RG) ou Carteira Nacional de Habilitação – CNH vigente e com foto; c) diploma de graduação ou certificado de conclusão do curso superior; d) Registro no órgão de fiscalização do exercício profissional, quando couber; e) comprovante de experiência após a graduação em atividades de pesquisa durante um ano (pelo menos) no campo da Saúde; f) curriculum vitae em três vias, conforme modelo do Anexo VI e entregar juntamente a ficha de inscrição e o comprovante de pagamento de inscrição gerado pelo banco, com autenticação mecânica, a fim de receber o PROTOCOLO DE INSCRIÇÃO, devidamente numerado.

Quanto ao currículo, o modelo está descrito no anexo VI do edital http://www.hcfmb.unesp.br//wp-content/uploads/2014/06/Edital-Pesquisador-Cient%C3%ADfico-D.O..pdf

2 – Pergunta:

Estou com duvida se posso concorrer a vaga de pesquisador cientifico nível i. Sou formada na área da educação com graduação plena em pedagogia.

2 – Resposta:

O anexo 2 do edital descreve entre os pré-requisitos a comprovação de Curso superior completo nas áreas de saúde, educação, comunicação, economia, estatística e outras correlatas. Desta forma, não há impedimento na inscrição de pesquisadores com experiência em pesquisa que sejam originários da área de educação.

3 – Pergunta:

Minha dúvida é tenho mestrado, doutorado e estou fazendo o pós-doutorado e trabalho com pesquisa desde então. Mas minha pesquisa não é com humanos, trabalho com experimentação animal. Gostaria de saber se posso me inscrever para o concurso.

3 – Resposta:

Não há impedimento na inscrição de pesquisadores que apresentem experiência em pesquisa clínica ou experimental, desde que ligada à Saúde ou relacionada às atribuições das Áreas de Especialização referidas no Edital (1. Epidemiologia e Modelagem Estatística em Saúde. 2-Epidemiologia para Avaliação de Tecnologias em Saúde).

4 – Pergunta:

Gostaria de tirar uma dúvida a respeito da entrega do curriculo. Na inscrição devo entregar somente o currículo em 3 vias sem os certificados? Os originais e cópias dos certificados somente devem ser entregues se for selecionado para a segunda fase. Isso mesmo?

4 – Resposta:

Correto. No momento da inscrição, o candidato deve entregar o curriculum vitae em três vias, conforme modelo do Anexo VI. Apenas os candidatos habilitados deverão entregar títulos (originais e cópia simples) e cópias dos trabalhos publicados para Avaliação de Títulos (conforme Capítulo XI – “Dos Títulos e seu Julgamento”).

5 – Pergunta:

Quanto ao item: Comprovação após a graduação em atividades de pesquisa por pelo menos um ano. Essa comprovação pode ser declaração do orientador, docente do departamento que estou envolvido em projetos de pesquisa? Há algum documento formal e modelo a seguir?

5 – Resposta:

A experiência em pesquisa pode ser comprovada por Declaração da(s) Instituição(ções) de Ensino/Pesquisa onde o candidato atuou em atividades de pesquisa. O tempo de experiência em atividades de pesquisa na área da saúde deve ser superior a um ano. A Comissão Especial de Concurso Público, a qualquer tempo, poderá realizar diligências relativas à situação declarada pelo candidato, deferindo ou não o pedido apresentado em requerimento.

6 – Pergunta:

Olá! fui fazer minha inscrição é na hora do pagamento a taxa de inscrição foi para R$ 70, 13, esta correto ou fiz algo errado? porque no edital o valor esta de R$ 66, 46.

6 – Resposta:

O valor da Inscrição é gerado automaticamente pelo Sistema Ambiente de Pagamentos para emitir o documento de arrecadação (DARE-SP) da Secretaria da Fazenda. A conversão do valor foi atualizado de acordo com a Unidade Fiscal do Estado de São Paulo (UFESP) e esta alteração ocorreu após o encaminhamento do edital para publicação.
No ano de 2014, quando deram início aos contatos referentes ao edital, o valor da UFESP correspondia a R$ 20,14, sendo a inscrição calculada em aproximadamente em 3,3 UNESP. Multiplicando esses valores temos: 20,14 x 3,3 = R$ 66,46.
Em 2015 houve atualização do valor da UFESP para R$ 21,25. Neste caso, a taxa de inscrição de 3,3 UFESP corresponde ao valor vigente de R$ 70,13.

7 – Pergunta:

Minha dúvida seria quanto a experiência de 1 ano que vocês pedem no edital, como seria essa experiência ? A outra dúvida seria durante a inscrição, qual especificação escolher e em qual local da inscrição escrever?

7 – Resposta:

A experiência em pesquisa pode ser comprovada por Declaração da(s) Instituição(ções) de Ensino/Pesquisa onde o candidato atuou em atividades de pesquisa. O tempo de experiência em atividades de pesquisa na área de saúde deve ser superior a um ano. A Comissão Especial de Concurso Público, a qualquer tempo, poderá realizar diligências relativas à situação declarada pelo candidato, deferindo ou não o pedido apresentado em requerimento.
A opção por uma das vagas nas Áreas de Especialização referidas no Edital (1. Epidemiologia e Modelagem Estatística em Saúde. 2. Epidemiologia para Avaliação de Tecnologias em Saúde) é uma escolha do candidato, de acordo com sua capacitação e interesse.
O registro da opção entre as áreas de especialização 1 ou 2 será feita no momento da apresentação do formulário de inscrição e demais documentos no Departamento de Gestão de Pessoas/Núcleo de Recrutamento, Seleção e Desenvolvimento de Recursos Humanos do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu.

8 – Pergunta:

Pretendo me inscrever no concurso para Pesquisador Científico I. No edital diz que preciso apresentar registro no conselho regional no ato da inscrição. Está correto? A maioria dos concursos só faz essa requisição na admissão. Em caso positivo, vocês aceitariam o protocolo? Pois ainda não possuo registro no crbm e me informei de que leva ao menos 20 dias, portanto não haveria tempo hábil para fazer a inscrição.

8 – Resposta:

O protocolo de registro no órgão de fiscalização do exercício profissional será aceito como documento a ser apresentado no momento da inscrição.

9 – Pergunta:

A taxa de inscrição do concurso estarei comprovando por meio das doações de sangue. Após ser deferida, eu tenho que voltar ao HCFMB para realizar a inscrição? Ou a inscrição já será efetuada, uma vez que, todos os documentos necessários já estarão com vocês?

9 – Resposta:

Conforme edital, para que o candidato possa pleitear a isenção na taxa de inscrição por ser doador, devem ser observados os seguintes itens:
1. Para ter direito à isenção de taxa, o candidato deverá comprovar as doações de sangue realizadas em órgãos oficiais ou entidades credenciadas pela União, pelos estados ou por municípios. Devem ter sido realizadas ao menos 3 (três) doações em um período de 12 (doze) meses.
2. O documento expedido pelas entidades coletoras deve ser apresentado NO MOMENTO DA INSCRIÇÃO, juntamente com o requerimento de isenção da taxa de inscrição (http://www.hcfmb.unesp.br//wp-content/uploads/2014/06/Req.-isencao-taxa-inscricao.pdf)
3. Os comprovantes devem ser entregues na unidade detentora do certame ATÉ 10 (dez) DIAS ANTES DO TÉRMINO DO PERÍODO DE INSCRIÇÕES, para análise da Comissão Especial de Concurso Público;
4. A comprovação citada no item anterior deverá ser efetuada mediante apresentação de original e cópia simples do documento.
5. A relação dos pedidos deferidos e indeferidos será publicada em diário oficial ANTES do final do período de inscrições.
6. O candidato que tiver a solicitação deferida, deverá efetivar sua inscrição com o pagamento da taxa de inscrição com redução de 50% e apresentar o documento ao Departamento de Gestão de Pessoas/Núcleo de Recrutamento, Seleção e Desenvolvimento de Recursos Humanos do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu.
7. Caso da solicitação ser indeferida, o candidato deverá proceder sua inscrição com o pagamento do valor da taxa integral e apresentar o documento ao Departamento de Gestão de Pessoas/Núcleo de Recrutamento, Seleção e Desenvolvimento de Recursos Humanos do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu.

10 – Pergunta:

Gostaria de confirmar se a inscrição só pode ser efetivada no Departamento de Gestão de Pessoas presencialmente, ou se pode ser efetivada via internet, ou por meio de correio. Outra dúvida, é em relação aos requisitos mínimos para se inscrever no concurso. Tenho mestrado e estou cursando doutorado e só tenho experiência em pesquisa enquanto aluno de graduação, do mestrado do doutorado, portanto, não tenho experiência enquanto profissional de pesquisa/docente. Esta experiência vale para o concurso? Como posso comprová-la?

10 – Resposta:

De acordo com o Edital, as inscrições serão recebidas, pessoalmente ou por procurador, exclusivamente no Departamento de Gestão de Pessoas/Núcleo de Recrutamento, Seleção e Desenvolvimento de Recursos Humanos do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, Distrito de Rubião Junior, S/N, Município de Botucatu, São Paulo, SP; não serão recebidas inscrições por via postal ou fax e nem fora do prazo previsto neste edital.
Sobre a experiência em pesquisa, ela pode ser comprovada por Declaração da(s) Instituição(ções) de Ensino/Pesquisa onde o candidato atuou e/ou atua em atividades de pesquisa, seja como pós-graduando ou pesquisador. O tempo de experiência em atividades de pesquisa na área da saúde deve ser superior a um ano. A Comissão Especial de Concurso Público, a qualquer tempo, poderá realizar diligências relativas à situação declarada pelo candidato, deferindo ou não o pedido apresentado em requerimento.

11 – Pergunta:

Tenho interesse em participar do Concurso Público de Pesquisador Científico Nível I, para o HCFMB. Não resido em Botucatu – e na verdade ainda não resido no Estado de São Paulo – mas há familiares meus aí morando (através dos quais, fiquei sabendo sobre este certame). Gostaria de saber se para efetuar a inscrição por procuração eu poderia enviar cópias autenticadas dos documentos solicitados pelo meu portador (ou é mesmo necessário que ele apresente os originais e cópias simples)?

11 – Resposta:

De acordo com subitem 4.4 do Edital, o candidato ou seu procurador devem apresentar os originais e cópias da documentação exigida. Além disso, observar a informação contida no subitem 4.3 – “No caso de inscrição por procuração, deverá ser apresentado o original do instrumento do mandato, devidamente registrado em cartório, que ficará retido na Unidade, e o RG original do procurador. Também devem ter sido satisfeitas as exigências constantes no item “4” acima e seus subitens”.

12 – Pergunta:

Por favor, minha dúvida sobre o concurso é a seguinte, eu atuei como coordenadora de pesquisa clínica de agosto de 2011 a novembro de 2014. Porém a chefia me informou que não poderia me dar a declaração de experiência em nome da Instituição pq meu vinculo com o estudo era de bolsista CNPQ. Para comprovar experiência de pelo menos 1 ano com pesquisa serve meu diploma do aprimoramento em Pesquisa Clínica que também fiz ou é necessário que eu leve a declaração assinada pelo chefe do projeto de pesquisa com o timbre da Instituição?

12 – Resposta:

A experiência em pesquisa pode ser comprovada por Declaração do Orientador da Pós-graduação ou do Chefe do Grupo de Pesquisa da(s) Instituição(ções) de Ensino/Pesquisa onde o candidato atuou e/ou atua. A Comissão Especial de Concurso Público, a qualquer tempo, poderá realizar diligências relativas à situação declarada pelo candidato, deferindo ou não o pedido apresentado em requerimento.

13 – Pergunta:

No item Disciplinas de cursos de Pós-graduação para confecção do curriculum vitae, é para colocar as disciplinas que ministrei ou disciplinas que cursei na Pós-graduação?

13 – Resposta:

O item pertence à categoria “ATIVIDADES DISCENTES E DE ESPECIALIZAÇÃO”. Neste caso, devem ser incluídas as disciplinas cursadas em programas de pós-graduação.

14 – Pergunta:

Por favor, estou com uma dúvida em relação ao edital para vaga de pesquisador do HC. No caso de mestrado e doutorado os certificados e históricos escolares são os comprovantes do tempo de pesquisa na Instituição, correto?

14 – Resposta:

A experiência em pesquisa pode ser comprovada por Declaração da(s) Instituição(ções) de Ensino/Pesquisa onde o candidato atuou e/ou atua em atividades de pesquisa, seja como pós-graduando ou pesquisador. O tempo de experiência em atividades de pesquisa na área da saúde deve ser superior a um ano. A Comissão Especial de Concurso Público, a qualquer tempo, poderá realizar diligências relativas à situação declarada pelo candidato, deferindo ou não o pedido apresentado em requerimento.

15 – Pergunta:

A minha dúvida e quanto a comprovação da experiência de 1 ano, terminei uma pós graduação em formação pedagógica para docência, no qual elaborei um artigo cientifico, esse trabalho poderia ser a comprovação da experiência.

15 – Resposta:

A experiência em pesquisa pode ser comprovada por Declaração da(s) Instituição(ções) de Ensino/Pesquisa onde o candidato atuou e/ou atua em atividades de pesquisa, seja como pós-graduando ou pesquisador. O tempo de experiência em atividades de pesquisa na área da saúde deve ser superior a um ano. A Comissão Especial de Concurso Público, a qualquer tempo, poderá realizar diligências relativas à situação declarada pelo candidato, deferindo ou não o pedido apresentado em requerimento.

16 – Pergunta:

Tenho uma dúvida referente ao concurso. Eu tenho a cédula do conselho profissional, no entanto, verifiquei que ela está vencida. Tenho o comprovante de pagamento da anuidade deste ano. Posso apresentar no ato da inscrição a cédula vencida e o comprovante da anuidade, já que a emissão da cédula nova demora 30 dias? Em caso negativo, posso apresentar o protocolo de renovação?

16 – Resposta:

O protocolo de renovação no órgão de fiscalização do exercício profissional será aceito como documento a ser apresentado no momento da inscrição.

17 – Pergunta:

A egressa X solicitou-nos uma declaração de realização de pesquisa, referente ao período em que foi aluna regular de Mestrado e Doutorado. No histórico escolar emitido por ocasião da homologação do título, constam a data de matrícula/defesa e o título do trabalho (dissertação de mestrado e tese de doutorado). O histórico escolar é suficiente para comprovar a exigência estabelecida em edital? Caso negativo, quem deverá assinar a declaração: o coordenador atual do Programa ou o docente que orientou a egressa? Qual deverá ser o teor da declaração?

17 – Resposta:

O histórico escolar não comprova experiência na área de pesquisa. Para os fins deste processo seletivo, sugerimos declaração do orientador do candidato no Programa de Pós-graduação, ou da chefia do grupo de pesquisa no qual o candidato atua ou atuou. Não há modelo formal quanto ao teor da declaração.