HCFMB participa de campanha do Dia Mundial do Rim

0
400


“Vivendo bem com a doença renal” – este é o tema do Dia Mundial do Rim em 2021. Celebrada nesta quinta-feira, 11 de março, a data tem o objetivo de conscientizar e orientar o paciente com doença renal crônica (DRC) quanto aos próprios sintomas para que possa participar, de forma mais efetiva, na rotina de seu dia-a-dia.

Neste ano, o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) participa da campanha com atividades destinadas aos próprios pacientes e à população. A coordenação da iniciativa é da Unidade de Diálise do HCFMB, Disciplina de Nefrologia e da Liga do Rim e Hipertensão Arterial (LIRHA) da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB|Unesp).

A ação desenvolvida neste ano, em virtude da pandemia, será uma homenagem aos pacientes que estão em hemodiálise, concentrada nos dias 10 e 11 de março com voluntários do próprio serviço do HCFMB ou familiares, que tocarão instrumentos e músicas nos turnos de hemodiálise.

Para a população geral estão previstas ações no Instagram da Liga do Rim e Hipertensão Arterial (@lirha.unesp) com lives, entrevistas e publicação de posts sobre o tema.

Dia Mundial do Rim

Embora medidas eficazes de prevenção e progressão da DRC sejam importantes, os pacientes com doença renal – incluindo aqueles que dependem de diálise, e os transplantados renais – devem sentir-se apoiados, junto aos seus familiares e acompanhantes, especialmente durante pandemias e outros períodos críticos. A inclusão dos pacientes com DRC na vida cotidiana é o foco principal da campanha deste ano: Vivendo Bem com a Doença Renal.

Pacientes que estão em tratamento em casa, cuidando do estilo de vida, usando medicamentos, buscando o controle da pressão alta e diabetes estão cuidando da doença renal, prevenindo ou evitando sua progressão.

Sobre o atendimento ambulatorial aos pacientes da Nefrologia

A equipe de nefrologia do HCFMB tem mais de dez ambulatórios destinados ao controle da hipertensão, doença renal crônica nos seis diferentes estágios, litíase e glomerulopatias, oferecendo aos pacientes diabéticos, hipertensos ou com outras comorbidades que afetam os rins, possibilidade de tratamento, buscando evitar a progressão da doença renal para estágios mais avançados.
 
Sobre a Unidade de Diálise do HCFMB

Em funcionamento desde 1982, a Unidade de Diálise do HCFMB apresenta crescimento contínuo e sucessivas ampliações. Atualmente, oferece todos os procedimentos dialíticos existentes para pacientes com insuficiência renal aguda e crônica, sendo referência internacional em diálise peritoneal para pacientes agudos. Cerca de 40 mil sessões de hemodiálise são realizadas por ano, atendendo centenas de pacientes ambulatoriais, com destaque para os ambulatórios específicos de doença renal crônica e pré-diálise.
 
 
Unidade de Diálise para Pacientes Internados (UDiPI)

Há dois anos, o HCFMB inaugurou sua Unidade de Diálise para Pacientes Internados (UDiPI).
Localizada dentro da Enfermaria de Clínica Médica, a unidade conta com uma estrutura exclusiva para pacientes internados com diferentes doenças renais, que levem à necessidade de hemodiálise temporária ou definitiva, de acordo com a avaliação médica e nível de complexidade. O HCFMB é uma das poucas instituições públicas que oferece esse tipo de serviço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here