HCFMB participa de estudos de alta tecnologia para o controle do câncer

0
813

Entre os dias 02 e 05 de novembro, a cidade de Belo Horizonte (MG) sediou o 31° Congresso Brasileiro de Patologia. O evento teve como tema a incorporação de novos estudos moleculares à tradicional análise morfológica no diagnóstico de neoplasias e outras doenças. O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) marcou presença no evento com a participação da coordenadora do Núcleo de Pesquisa, Juliana Machado Rugolo (foto), pertencente ao Departamento de Gestão de Atividades Acadêmicas (DGAA).

Juliana submeteu quatro trabalhos à comissão do congresso e todos foram aceitos: duas apresentações orais na sessão de Patologia Molecular e dois pôsteres. Os estudos apresentados buscaram mostrar a importância das tecnologias de alto rendimento, como o Sequenciamento de Nova Geração (NGS), na detecção de co-mutações driver em pacientes diagnosticados com câncer de pulmão não pequenas células (CPNPC) e potenciais alvos terapêuticos relacionados à Transição Epitélio-Mesenquimal também em CPNPC. Esses estudos são frutos de parcerias com renomadas instituições como Universidade de São Paulo (USP), campus de São Paulo e de Ribeirão Preto, Instituto de Biociências de Botucatu (Unesp – Botucatu), Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), AC Camargo Cancer Center e a Universidade do Texas MD Anderson Cancer Center (USA).

O câncer de pulmão ainda continua a desafiar a comunidade científica como a causa mais comum de mortes por câncer em todo o mundo. “A compreensão do microambiente tumoral tem sido a principal estratégia das pesquisas que buscam definir esquemas terapêuticos mais eficazes e menos tóxicos, trazendo novas esperanças para o enfrentamento da doença. Trata-se da terapia-alvo, que procura o alvo – no caso, as células com alterações genéticas específicas -, diferentemente da quimioterapia convencional que ataca as células de maneira generalizada”, afirma Juliana.

Legenda da foto:
A partir da esquerda: Andre Luis Moreira (Memorial Sloan Kettering Cancer Center, Nova York, Estados Unidos), Juliana Machado Rugolo (HCFMB), Vera Capelozzi (USP – São Paulo), Alexandre Todorovic (USP – Ribeirão Preto), Alexandre Muxfeldt Ab’Saber (USP – São Paulo) e Rimarcs Ferreira (UNIFESP – São Paulo).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here