Laboratório do Sono é oficialmente inaugurado no HCFMB

0
1724

Na última quarta-feira (20) foi inaugurado o mais novo serviço que Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) disponibiliza, em suas dependências, para a população de Botucatu e região: o Laboratório do Sono.

Na ocasião o grupo responsável pelo Laboratório apresentou as dependências para os diretores do HCFMB e do Superintendente do hospital.

“Acho que este dia é muito alegre pela realização de um sonho, que foi sonhado há muito tempo, e o mais importante é que foi sonhado junto. Este é um projeto de longo prazo, que foi trabalhado nas minúcias; demoramos em encontrar toda a equipe, mas, houve uma colaboração muito importante, mais importante disso é que está aberto para receber outros grupos dentro do mesmo serviço.”, conta Irma de Godoy, chefe de gabinete do Hospital das Clínicas.

A medicina do Sono é uma área nova na medicina reconhecida como área de atuação desde 2012, porém atua dentro do Hospital das Clínicas há 20 anos.  “Quem cuidava da medicina do sono era a especialidade de neurologia e a partir de 2009 nós, otorrinos, começamos a atender junto com a neurologia e a partir daí, adquirimos o primeiro aparelho portátil para começar a intervir, porque antes tinha o ambulatório, e não tinha como fazer o exame aqui, e encaminhávamos para SP”. Tanto pelos nossos esforços como o que hoje estamos representando acho que caracterizamos muito bem o que é esta área de medicina do sono.  Ela é multidisciplinar composta pela ação, esforço e trabalho de múltiplas áreas, nós temos pneumologia, otorrinolaringologia, fisioterapia, bioquímica e farmácia, odontologia, fonoterapeuta, são áreas multidisciplinares todas integradas e trabalhando juntas. ”, explica a médica coordenadora do Laboratório do Sono, Silke Anna T. Weber.

O setor está equipado com aparelhos de última geração, importados e adaptados para atender crianças a partir de dois anos até idosos que apresentem aos principais sintomas do distúrbio respiratório de sono como: ronco, cefaléia, sonolência diurna, irritabilidade, e nas crianças inclui-se o atraso no desenvolvimento escolar. “Quem tiver estes sintomas procurar um otorrino que ele fará o encaminhamento para a especialidade do sono”, explica Jefferson Luis de Barros, fisioterapeuta e mestre em distúrbio do sono.

O serviço de Laboratório do Sono é um dos serviços agregados à Secretaria da Saúde. “A Secretaria da Saúde há dois anos lançou um projeto “Quick Wins” (ganhos rápidos) para várias áreas de atuação; são projetos que visavam uma organização, estruturação dos serviços para atender doenças crescentes”, esclarece Weber.

A Secretaria buscava capacitar mais centros de uma forma rápida e estruturá-los por isso, o Laboratório do Sono do Hospital das Clínicas foi escolhido como um dos centros junto com mais sete hospitais para atender uma demanda maior de pacientes com distúrbios respiratórios do sono.

Mariana Andrade – Assessoria de Comunicação e Imprensa

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here