Programa de Reabilitação Pulmonar do HCFMB comemora 25 anos com festa

0
1288

Em comemoração ao dia Mundial da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), e também pelos 25 anos do Programa de Reabilitação Respiratória, a equipe de Reabilitação Pulmonar do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) promoveu nesta quinta-feira (20) uma manhã diferente para os seus 40 pacientes, ex fumantes, que participam do grupo de atividades físicas: A apresentação do grupo de Capoterapia de São Manuel, no Fundo Social dos Servidores da Faculdade de Medicina da UNESP (FUSS), e logo em seguida, um almoço de confraternização.

“Para mim que estou desde a criação do Projeto é uma satisfação muito grande, adoro estar aqui, sou apaixonada por este programa, e desde o início pude contar com uma equipe excepcional. Foram muitos pacientes que passaram por nossos cuidados, muitos doentes graves, e esta é às vezes, a única atividade lúdica que eles fazem, aqui eles se reúnem, conversa, são medicados, esta é uma terapia recomendada para estes doentes” explica a médica pneumologista e chefe de gabinete do Hospital das Clínicas, Irma de Godoy.

O programa conta com uma equipe multidisciplinar além de médicos residentes, pós-graduandos, aprimorandos que produzem seus trabalhos e suas teses. “Muitas teses foram desenvolvidas a partir de dados destes pacientes, então é assim, um programa que tem uma amplidão muito grande, e serve para tudo”, conclui Irma.

O grupo de Capoterapia foi convidado para mostrar o trabalho realizado na cidade de São Manuel, onde faz sucesso entre os idosos, e, agitou a turma do HC na mesma intensidade: “Utilizamos as técnicas da capoeira com atividades onde as pessoas se sintam bem, primeiro mentalmente, e depois, ele passa isso para o corpo e acaba fazendo com vontade o exercício”, explica Carlos Daniel Alves, mais conhecido como Fantasma.

“O grupo existe em São Manuel há nove meses apenas, eu comecei com dois alunos, revolucionamos a política do idoso na cidade e hoje temos 50 alunos e uma lista de espera de mais 50 pessoas”, conclui.

Sobre a Capoterapia

A capoterapia é uma terapia alternativa onde se utiliza elemento da capoeira adaptada para pessoas sem hábito de prática de atividade física ou esportiva, respeitando a condição física, as potencialidades, os limites e, as características psicológicas individuais do praticante.

Praticantes jovens, adultos, idosos e pessoas com necessidades especiais podem praticá-la.

As sessões de capoterapia são acompanhadas de músicas, palmas e movimentos ritmados, onde os praticantes coordenados pelo instrutor criam um ambiente descontraído e motivador do movimento numa atmosfera lúdica.

Os exercícios dos grandes grupos musculares colocados no inicio da sessão de treinamento reduzem a fadiga e permitem agir com maior intensidade e repetição dos mesmos.

Fonte: Capoterapia Brazil – World

Mariana Andrade – Assessora de Imprensa HCFMB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here