PSA: como o HCFMB tem atuado para melhorar a assistência e humanizar o atendimento

0
646

Com o objetivo de aprimorar a qualidade e a estrutura do atendimento aos pacientes do Pronto Socorro Adulto (PSA), o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) iniciou no mês de abril uma reestruturação da unidade.

Gerenciado pelo HCFMB em parceria com a Prefeitura Municipal de Botucatu, o PSA passou por uma análise completa da sua situação administrativa, assistencial e estrutural. O trabalho resultou na implantação de uma gestão que tem atuado diretamente para que os fluxos de atendimento, internação, exames e informações ao paciente sejam otimizados, garantindo assim uma assistência segura e de qualidade à população.

O período de pandemia elevou consideravelmente os atendimentos de pacientes com suspeita ou confirmados de COVID-19, o que acabou sobrecarregando o espaço físico da unidade. Entre as soluções pensadas em conjunto com a Prefeitura, está a instalação de uma tenda ao ar livre, para que  pacientes com sintomas gripais aguardem atendimento de acordo com todas as medidas de segurança que o período exige.

A equipe multidisciplinar responsável pelo atendimento de síndromes gripais conta agora com psicólogos, fisioterapeutas e mais médicos. A ala de internação COVID foi ampliada com a aquisição de novas camas e macas. A doação de tablets permite agora que pacientes em isolamento recebam visitas virtuais.

O Prefeito Mario Pardini acredita que os investimentos no Pronto Socorro Adulto trarão muitos benefícios a população de Botucatu. “Entendemos que o PS Adulto precisa desse reforço, para que todos que precisam de atendimento neste momento crítico sejam acolhidos de forma ágil e segura”, afirma.

A equipe local do Núcleo Interno de Regulação foi realocada em um novo espaço onde analisa, em tempo real, a situação de todo o Complexo HC, auxiliando a gestão do PSA e agilizando a liberação de vagas, transferências, internações e altas dos pacientes assistidos pelo HCFMB. Para atender melhor às demandas e orientar não só o paciente como seus familiares, o Serviço Social passa a atuar 24 horas, todos os dias da semana.

A Diretora de Assistência do HCFMB, Dra. Erika Ortolan, afirma que todas estas condutas já foram implantadas e alguns resultados já podem ser observados.  “As melhorias na estrutura física, a diminuição do tempo de espera e melhores condições no atendimento já são nítidas. Nossas propostas marcam um novo ciclo do Pronto Socorro Adulto, focado em humanização na assistência de qualidade à população”, diz.

Outras ações de melhoria já estão previstas para as próximas semanas, como painel eletrônico na sala de espera (que informará tempo médio de espera de acordo com a classificação de risco), instalação de câmeras de segurança e divisórias nas alas de observação, visores para as alas de isolamento, revitalização de fachada e jardins e a aquisição de mais uma ambulância, que permitirá transferências e transportes de pacientes com mais agilidade.

Para melhorar a orientação e a comunicação com a população, uma campanha de conscientização sobre os níveis de atuação em saúde será lançada em breve.

Visita dos vereadores ao PSA

Na última semana, os vereadores da atual legislatura de Botucatu estiveram no PSA para conhecer o fluxo de atendimento e o que o HCFMB tem feito o para aperfeiçoar a assistência do Pronto-Socorro Adulto. A reunião abordou o atual cenário dos serviços diante da pandemia, além das ações e as melhorias em assistência e infraestrutura em andamento no PSA.

“Identificar os pontos que devem ser melhorados, implantar estratégias para sanar falhas e dificuldades, tanto assistenciais quanto estruturais; respeitar opiniões e reconhecer as necessidades do paciente: o HCFMB trabalha no PSA alinhado com todos estes objetivos, para que as práticas de humanização sejam eficazes, e que o paciente tenha um tratamento digno”, finaliza o Superintendente do HCFMB, Dr. André Balbi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here