Serviço de Cardiologia Diagnóstica do HCFMB passa pelas Oficinas de Gestão

0
1510

No último dia 09, foram apresentados, na sala de reuniões da Superintendência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB), os resultados obtidos das Oficinas de Gestão realizadas no Serviço de Cardiologia Diagnóstica, ministradas e acompanhadas pela equipe do Núcleo de Gestão da Qualidade, referentes ao período de janeiro de 2015 a setembro de 2017.

Além de médicos e enfermeiros do setor, estiveram presentes, nesta reunião, o Chefe de Gabinete do HCFMB, Prof. Dr. José Carlos S. Trindade Filho, a Diretora do Núcleo de Gestão da Qualidade, Dra. Maria Justina Felippe, a Gerente Médica, Profª Ass. Drª. Paula Gaiolla, o Gerente Médico das Unidades Especiais, Prof. Dr. Raul Lopes Luiz Junior, a Gerente de Enfermagem do Núcleo de Procedimentos Diagnósticos e Terapêuticos (NPDT), Nilza Martins Ravazoli Brito, o médico responsável pelo Serviço, Dr. João Carlos Hueb, o médico voluntário do Serviço e ex-superintendente do HCFMB, Dr. Éder Trezza, a supervisora Sibele Aparecida Della Coletta, a responsável pelo Serviço Técnico de Enfermagem local, Enfª Amanda dos Santos Cecílio, e a enfermeira Maria Zoe T. de Melo, do Núcleo de Gestão de Qualidade.

Abrindo a reunião, o Chefe de Gabinete parabenizou a equipe pelo empenho nas atividades. “Para o Hospital, as Oficinas são muito importantes para o entendimento do trabalho de cada um e também para que as áreas possam se conhecer internamente. É importante a reorganização dos serviços com o foco na melhoria do paciente, utilizando os recursos existentes”.

Setor recebe reconhecimento pelo cumprimento das
primeiras etapas da Elaboração de Ferramentas de
Gestão

Já Dra. Justina afirmou que um dos objetivos destas Oficinas de Gestão é alinhar a missão dos setores com a do HCFMB e que, em 2018, o Núcleo trabalhará com o estudo das ‘Oportunidades de Melhoria’ para todas as áreas do Hospital. “Quero agradecer a todos pela presença, pois é a primeira vez que os resultados do Serviço de Cardiologia são analisados, com base em toda a produção e os frutos das atividades desenvolvidas. Foram quase três anos de processo, sendo o primeiro que surgiu por uma demanda espontânea da área, pela iniciativa da enfermeira Nilza de estruturar o serviço e conhecê-lo a fundo”.

Durante a reunião, Enfª Amanda apresentou os componentes da equipe, a parte estrutural e os 11 Indicadores de Estrutura, Processo e Resultados do Serviço. Além dos Indicadores, foram construídos, nas Oficinas de Gestão, 10 Procedimentos Operacionais Padrão (POPs) e o Mapa de Processos da área, além do Planejamento Estratégico para o ano de 2017.

Dr. João Hueb, além de expressar a vontade de que o serviço cresça cada vez mais e se busque novas tecnologias, destacou também a presença do Dr. Éder Trezza, um dos precursores da cardiologia diagnóstica no HC e que continua trabalhando em prol do paciente. Ao pedir a palavra, Dr. Eder parabenizou toda a equipe pelo trabalho desenvolvido sob as orientações de Dra. Justina e sugeriu estudos que busquem a satisfação do cliente como foco primordial no desenvolvimento do Serviço.

Núcleo de Comunicação, Imprensa e Marketing HCFMB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here