Superintendência do HCFMB promove conversa com profissionais das UTIs

0
261

A Superintendência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) promoveu uma reunião de trabalho na tarde desta quinta-feira (17) com os servidores que atuam nas Unidades do Serviço de Terapia Intensiva (SETI) Adulto.

Participaram técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos, fisioterapeutas e toda equipe multidisciplinar que presta assistência nas UTIs adulto COVID e não COVID.

O objetivo do encontro foi dialogar sobre as condições de trabalho e os impactos provocados pela pandemia na rotina dos profissionais. Ao mesmo tempo, o Superintendente do HCFMB, Dr. André Balbi, apresentou um conjunto de dados e informações que demonstram a grande transformação vivida pelo hospital desde o início da pandemia, por ter sido escolhido pelo Governo do Estado como centro de referência para atendimento dos casos de COVID-19.

No que se refere a estrutura física, o principal destaque foi o aumento progressivo de leitos de UTI exclusivo para pacientes de COVID-19. Inicialmente, o HCFMB destinou 8 leitos, depois esse número subiu para 16 e hoje são 30 em utilização.

Em relação aos recursos humanos foram contratados 45 enfermeiros, 10 fisioterapeutas e 81 técnicos de enfermagem, totalizando 136 novos profissionais que se somaram às equipes que já atuavam no hospital. Foram organizadas três novas escalas de plantões médicos, totalizando 120 plantões por mês.

Quanto aos recursos financeiros, os repasses destinados pelos governo estadual e federal para uso exclusivo contra a COVID-19 é de R$ 9,6 milhões. Diárias de UTI com valor diferenciado do SUS para os 30 leitos que estão em funcionamento representam um aporte mensal de R$ 1.440.000,00. Já o custo médio para compra de EPIs, por mês, é da ordem de R$ 686 mil.

Até o momento, o HCFMB atendeu 829 pacientes com suspeita de COVID-19, sendo 175 casos confirmados. Foram registradas 154 altas hospitalares e 77 óbitos. O período médio de internação é de 16 dias.

“Esse momento de diálogo com os servidores das UTIs é fundamental para avaliar o atual momento que enfrentamos. Os resultados alcançados até aqui mostram que o trabalho das equipes tem sido exemplar. Mas ainda temos muito a fazer nessa pandemia. Nossa obrigação é garantir condições adequadas de trabalho para que o atendimento prestado aos nossos pacientes continue sendo de excelência”, afirma Balbi.

O encontro, que também pôde ser acompanhado de maneira remota através do Google Meet, dá início ao projeto “Diálogos”, iniciativa inovadora da superintendência do HCFMB com apoio da Gerência de Relações Institucionais.

A proposta é ampliar o diálogo do Superintendente com as mais diferentes áreas por meio de encontros virtuais previamente agendados, com o propósito de discutir melhorias na estrutura, nos processos, nos fluxos e na relações de trabalho, de modo a apresentar resultados positivos à instituição, aos profissionais e ao público atendido pelo Hospital.  

Carlos Pessoa

Núcleo de Relações Externas – HCFMB

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here