Treinamento conscientiza servidores sobre impactos da coleta seletiva

0
62
Da esquerda para a direita: Juliana Barbosa (Núcleo de Higienização), Kamila Augusta Nery (estagiária), Renata de Camargo Gomes e Prof.ª Karina Pavão, do Núcleo de Hospitais Sustentáveis

No final de maio, a Casa do Servidor foi o cenário para a realização do treinamento “Coleta seletiva no HC: Impactos ambientais, sociais e econômicos”, organizado pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB), por meio dos Núcleos de Higienização e Hospitais Sustentáveis, com apoio do Núcleo de Capacitação, Treinamento e Desenvolvimento (NUCADE) do Departamento de Gestão de Pessoas.

Divididos em cinco turmas, servidores do Hemocentro puderam aprender sobre o conceito de hospitais sustentáveis, conhecer as ações já implantadas no HCFMB e entender os impactos ambientais, sociais e financeiros dos resíduos na saúde. O treinamento seguiu todos os protocolos sanitários contra a pandemia da Covid-19.

Os participantes também puderam praticar, por meio de uma dinâmica, a correta segregação de resíduos, aprendendo sobre cada material e descartando corretamente como reciclável ou rejeito (lixo comum), além de conhecer o trabalho da cooperativa de catadores de Botucatu que recebe os materiais recicláveis do HCFMB.

Coordenadora do Núcleo de Higienização do HCFMB, Juliana da Silva Barbosa agradeceu a parceria. “A implantação da coleta seletiva no Hospital é algo desafiador, mas de uma grandeza imensa, e só posso agradecer a todos os envolvidos pelo comprometimento com a causa”.

Enf.ª Janaína Celestino, Gerente de Relacionamento e Internação, conta que, desde setembro de 2020, o Núcleo de Higienização realiza parcerias para o desenvolvimento de melhor controle dos descartes de lixo do Hospital. “Para conscientizar e orientar pacientes e funcionários que o reaproveitamento é a forma mais consciente e sustentável de destinar os resíduos comuns, iniciamos a capacitação das equipes e os resultados obtidos nesta primeira fase indicam que a educação é o melhor caminho”.

Prof.ª Karina Pavão, coordenadora do Núcleo de Hospitais Sustentáveis do HC, comentou que o treinamento com a equipe do Hemocentro é um projeto piloto para ser aplicado em várias áreas. “No HCFMB, ainda estamos reciclando pouco, mas temos potencial para reciclar muito mais. Para isto, é necessária a colaboração de cada servidor, separando e descartando corretamente os materiais recicláveis, de forma cuidadosa e consciente, para não misturar com resíduos infectantes ou rejeitos”, encerrou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here